sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

TRAJES E UNIFORMES - BRASIL 03

Trajes e Uniformes entre sec. XIX e inicio do sec. XX, sendo que alguns persistem até hoje.
Brasil, Histórico e Pitoresco
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

SOLDADO NORDESTINO - SEC. XIX - BRASIL

Soldado nordestino do exercito brasileiro em 1823. Tiveram uma significativa atuação na primeira metade do Século XIX, decisiva na Batalha do Jenipapo. Constituiu na luta de piauienses, maranhenses e cearenses contra as tropas fieis à Coroa Portuguesa. Foi uma das mais marcantes e sangrentas batalhas travadas na guerra da independência do Brasil, segundo historiadores. Referência da arte Ivan W. Rodrigues.
Brasil, Histórico e Pitoresco
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

VAQUEIRO - BRASIL PITORESCO

Vaqueiro, traje utilizados em épocas passadas e usadas até os dias de hoje. Brasil, referência de Ivan Wasth Rodrigues.
Brasil, Histórico e Pitoresco
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

SERINGUEIRO VINTAGE - 1942

Seringueiro por volta de 1942 - Brasil, referência de Ivan Wasrh Rodrigues, aqui ilustração reativada por minha arte. Retornando uma série anteriormente apresentada no meu blog, que não deixa de ser atual.
 Brasil, Histórico e Pitoresco
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

domingo, 24 de janeiro de 2016

TRAJES E UNIFORMES - BRASIL 02

Trajes e uniformes que eram utilizados no Brasil, entre os séculos XVI e XII. Ilustrações tendo como referência a arte de Ivan Wasth Rodrigues. Era ilustrador histórico, o qual eu admiro muito seus traços e arte, pouco divulgada nos dias de hoje.
 Brasil, Histórico e Pitoresco
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

sábado, 23 de janeiro de 2016

TRAJES E UNIFORMES - BRASIL 01

Trajes e uniformes que eram utilizados no Brasil, entre os séculos XVI e XII. Ilustrações tendo como referência a arte de Ivan Wasth Rodrigues. Era ilustrador histórico, o qual eu admiro muito seus traços e arte, pouco divulgada nos dias de hoje.
 Brasil, Histórico e Pitoresco
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

ESPINGARDEIRO - SEC. XVII - BRASIL

As primeiras espingardas surgiram no início do século XVII. Tornou-se a principal arma pessoal dos exercitos, desde o final do século XVII. Altura em que a espingarda de pederneira substituiu o mosquete, tanto como os antigos mosqueteiros. Podiam assim ser constituída por um único tipo de tropas, dando origem ao inicio na criação dos fuzileiros. 
Brasil, Histórico e Pitoresco
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing 

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

MOSQUETEIRO - SEC. XVI - BRASIL

Mosqueteiros eram aqueles que empunhavam os mosquetes, armas de fogo de cano longo, precursoras das espingardas modernas. Primeiro foram os arcabuzes, criados no século XV.  Os mosquetes eram pesados (10 quilos aproximadamente) e exigia o apoio de uma forquilha. Seu cano tinha até 1,5 metros. Na segunda metade do século XVI já havia soldados do gênero em quase todos os regimentos, inclusive no Brasil.
Brasil, Histórico e Pitoresco
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing 

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

BESTEIRO - SEC. XVI - BRASIL

Besteiros eram soldados medievais, que utilizavam bestas, (uma espécie de arco para atirar flexas à longa distância) por volta da metade do seculo XVI - Brasil - historia. Disparando virotes ou dardos a 150 ou 200 metros, a besta tinha o mesmo alcance útil dos arcos longos, mas um poder de penetração nos escudos e armaduras muito maior. Como o tiro era tenso a precisão era muito superior à do arco, ao ponto de os besteiros mais hábeis poderem ser comparados aos snipers (atiradores especiais) modernos.
Brasil, Histórico e Pitoresco
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

PIQUEIRO - SEC. XVII - BRASIL

O pique (também conhecido por chuço ou lança longa) para uso a pé, tendo entre três e cinco metros de comprimento, fundamental na Europa para a defesa da infantaria contra a cavalaria, pois só as formações compactas de piqueiros, usando armaduras, tinham condições de repelir a cavalaria pesada - tipo de ameaça que não existia no Brasil dos séculos XVI e XVII, justificando a pouca importância que o pique teve aqui.
Brasil, Histórico e Pitoresco
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

domingo, 17 de janeiro de 2016

TRIBOS INDÍGENAS - DETALHE

Diferentes tribos indígenas do Brasil, baseado na ilustração do mestre Ivan Wasth Rodrigues, visto aqui sob os traços deste autor. Observando que todas as ilustração efetuadas por minha pessoa estão a venda, e melhor ainda, em vetor. Portanto não perderão a qualidade para qualquer tamanho.
Brasil, Histórico e Pitoresco
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

TRIBOS INDÍGENAS DO BRASIL

Aprendemos desde cedo que os índios brasileiros são os povos nativos do país, ou seja, eram os habitantes que aqui estavam quando Pedro Álvares Cabral chegou de Portugal para conquistar o Brasil. A sua origem ainda é desconhecida. Existem algumas especulações que dizem que os índios têm origens Asiáticas, Mongoloides e até mesmo que eles são nativos daqui mesmo. Isso são outras historias, vamos apreciar a arte. Brasil, Histórico e Pitoresco
Ilustração feita em 2012, reapresentada aqui agora melhorada. Fonte de inspiração do grande Ivan Wasth Rodrigues, ilustrador brasileiro que muito admiro. 

sábado, 16 de janeiro de 2016

PIQUEIRO - SEC. XVI - BRASIL

Piqueiros eram soldados no século XVI e XVII, que utilizavam uma lança longa de aproximadamente de 3 à 5metros. De carácter claramente defensivo, para evitar cargas, frear a cavalaria ou defender localizações e posições do exército na antiguidade. Também no Brasil.
Brasil, Histórico e Pitoresco
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

ARCABUZEIRO - SEC. XVI - BRASIL

Apresentado a série Trajes e Uniformes Militares, de diferentes épocas. No seculo  XVI, soldado de cavalaria armado com arcabuz. Série: Brasil, Histórico e Pitoresco.
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

CARTEIRO 1817 - BRASIL

A profissão de carteiro surgiu no momento da criação dos Correios no Brasil, quando, em 25 de janeiro de 1663, a Corte Portuguesa expediu um regimento nomeando o alferes João Cavaleiro Cardoso para o cargo de “Correio-mor do mar e correio-mor da terra” do Brasil. Por essa razão, em 25 de janeiro é comemorado o Dia do Carteiro. Antes desse período as embarcações portuguesas levavam e traziam a correspondência como um favor. A distribuição das cartas no território brasileiro era feita graças a portadores ocasionais, como escravos, viajantes e tropeiros. 
Mostrando uma série que fiz anteriormente com novos personagem.
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

PIQUEIRO - ESBOÇO - Sec XVII

Piqueiro, por volta do começo do seculo XVII - Brasil - historia.
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

BESTEIRO - ESBOÇO

Besteiros eram soldados medievais, que utilizavam bestas, (uma espécie de arco para atirar flexas à longa distância) por volta da metade do seculo XVI - Brasil - historia.
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

sábado, 9 de janeiro de 2016

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

CURINGA EM MOVIMENTO

A sequência das figuras dos curingas em movimento, para uma visualização mas ampla.
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

CURINGA 05

 Curinga em movimento.
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

CURINGA 04

 Curinga em movimento.
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

CURINGA 03

 Curinga em movimento.
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

CURINGA 02

Curinga em movimento.
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

CURINGA 01


 Curinga em movimento.
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

domingo, 3 de janeiro de 2016

CURINGA - CARTA DE BARALHO

Mais uma carta de baralho, usando a figura de um curinga. Referência de José Luiz Salinas.
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

sábado, 2 de janeiro de 2016

CURINGA DETALHE

Referência de José Luiz Salinas.
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

CURINGA DESENHANDO

Tendo como referência de uma ilustração de José Luiz Salinas, vai aqui a minha visão da arte de um curinga, onde o original artísta fez com tinta à óleo.
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

MULHER E VINHO

Aqui demonstrando outras visualização de um nú artístico, com uma mulher e uma taça de vinho. Existe várias possibilidades em relação a minha primeira postagem.
Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing

NECTAR E A MULHER

Desenho - Ilustração - Illustration - Drawing